Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Uma maldição chamada estores

por Maria Popia, em 17.03.16

Se há coisa que me irrita os nervos e que eu temo, quiçá mesmo mais do que a morte, são estores avariados.

Por exemplo, uma pessoa vai deitar-se e baixa o estore do quarto. Eis que acontece a bonita coisa do dito cujo parar a meio da descida e ali fica, paralisado, não sobe nem desce. Não vale a pena forçar nem rezar a todos os santinhos desta vida porque o estore não se vai mover nem um milímetro.

Depois vem a parte de dormir com o quarto cheio de luz e pelas 6 da manhã parece que já é meio dia. Eu não consigo dormir com luz por isso o drama instala-se.

E conseguir alguém que trate do problema em tempo útil sem me levar os olhos da cara? Esqueçam lá isso. Ainda hoje não consegui arranjar alguém que me arranje os estores e que são seja demasiado caro. Num mundo ideal teríamos sempre os contactos das melhores pessoas para tratar dos problemas caseiros: canalizadores, eletricistas, pedreiros, etc. 

E que habitava num T1 e já achava que a casa tinha estores a mais, imaginem o medo que tenho agora que eu e o mais-que-tudo vivemos num T3. há janelas que nunca mais acabam.

Nós, ser humanos (supostamente) tão evoluídos podiamos já ter inventado alguma coisa melhor do que os malditos estores.

estores.jpeg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Fatia Mor a 17.03.2016 às 10:49

Blackout.
Um bom blackout por trás das cortinas, talvez resolva o problema!

Mas percebo perfeitamente a tua frustração. Tenho o do meu gabinete avariado há anos, que faz com que tenha que viver com o sol a bater de frente grande parte do ano, com especialmente incidência no verão.

Comentar post





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Previsão meteorológica

Ocorrência de ideias (quase) diariamente, possibilidade de precipitação de pensamentos em dias mais ou menos nublados mas com boas abertas.


Comentários recentes

  • Us4all

    ohhhh que péssima publicidade Sejamos sinceros, es...

  • Helena Duque

    Sem dúvida... fui lá duas vezes e duas vezes passe...

  • Marta Elle

    Eu penso isso de todas as praias.

  • m-M

    Acontece-me sempre o mesmo em Francelos - Gaia :p

  • marta-omeucanto

    Aqui em mafra visitaram-nos durante a noite!Hoje, ...


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D